domingo, 24 de abril de 2016

eu tô tentando ser autêntica & feliz

Nos meus primeiros 20 e poucos anos de vida, eu fui um camaleão. Sempre alterava as minhas cores para me mesclar aos ambientes onde estava. Eu perdia, ou nunca nem cheguei a encontrar, minha personalidade pública.

Costumava fazer o que me parecia esperado e desejado pelos outros, de forma que nem mais lembrava, por vezes, o que eu própria gostaria de fazer.

Aqui vão nove dicas (fisgadas de um texto da Ali Mariani e adaptadas a minha realidade) que tem me guiado, de lá até aqui, e se tudo der certo, daqui até em diante, a ser mais autêntica e feliz com a minha autenticidade:

1. Não se desculpe por ser quem você é, amar quem você ama e fazer o que gostar. 

2. Estimule cada uma das suas curiosidades e não leve todo mundo tão a sério.

3. Se pergunte regularmente quais são as suas motivações. 

4. Preste atenção aos seus instintos e não se dê por garantida.

5. Passe mais tempo sozinha e não se cobre o tempo todo.

6. Diga o que pensa e exija ser ouvida e levada à sério.

7. Esteja rodeada de pessoas que te aceitem e respeitem como você é.

8. Assimile as informações com mais calma e prazer.

9. Aceite que as vezes vai decepcionar quem ama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário